pesca-news

Mapa explica as ações para a promoção comercial, controle de estoques e instrução das empresas de pesca.

Na terça-feira, 18 de outubro de 2022, durante a realização da Seafood Show, na cidade de São Paulo, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio da sua Secretaria de Aquicultura e Pesca (SAP), expôs as ações que o Governo Federal do Brasil está colocando em prática para aumentar a exportação do pescado brasileiro. O assunto foi esclarecido durante o ‘Fórum de Internacionalização do Pescado Brasileiro’.

As ferramentas para a capacitação das empresas de pesca, o levantamento de estoques pesqueiros e a promoção comercial necessária foram apresentadas pelo secretário da Secretaria de Aquicultura e Pesca, Jairo Gund, pelo diretor do Departamento de Promoção Comercial e Investimentos da Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Marcel Moreira e pela analista da Gerência de Agronegócio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), Deborah Rossoni.

O secretário Jairo Gund, da Secretaria de Aquicultura e Pesca, detalhou as informações sobre como a produção pesqueira do país está preocupada com a sustentabilidade. Conforme os dados apresentados, 27% das águas da Zona Econômica Exclusiva (ZEE) estão resguardadas por unidades de conservação, a maioria classificada como sustentável, ante a média mundial de 1,2%. Jairo também explicou que 63,5% das espécies de peixes do Brasil estão preservadas e não podem ser pescadas. Segundo o secretário, as estatísticas da pesca foram restabelecidas e mais de 50 espécies já foram avaliadas.

“Neste evento, todas as ações de internacionalização do pescado que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento coloca no mercado são muito claras”, enfatizou Gund ao site oficial do Mapa.

Enquanto a pesca convive com alguns limitantes naturais que impedem o seu desenvolvimento, a aquicultura expande-se de forma generalizada. Segundo o diretor do Departamento de Promoção Comercial e Investimentos da Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Marcel Moreira, a produção de tilápia no Brasil está dobrando trimestralmente – em relação ao período homólogo – e o Brasil é considerado o quarto maior produtor mundial da espécie.

O Brasil exportou 43.000 toneladas de pescado em setembro de 2022, em comparação com as 50.000 toneladas no ano de 2021. Considerando o consumo atual de 10,5 kg por habitante/ano, o mercado interno também apresenta grande potencialidade de aumento. A média mundial do consumo de peixe é de 20,5 kg por pessoa por ano e o país onde mais se consome o pescado é a Coreia do Sul, com um consumo de 78,5 kg per capita anual.

Marcel Moreira e Jairo Gund comentaram sobre os afazeres realizados pelos adidos do Brasil em 27 cargos ao redor do mundo. De janeiro de 2019 a outubro de 2022, 12 dos 233 novos mercados de produtos foram abertos especificamente para peixes. Esses mercados incluem peixes vivos, pescados, peixes ornamentais, peixes extrativos, farinha de peixe e o óleo de peixe.

Segundo Marcel Moreira, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento está trabalhando para elevar a visibilidade do agro brasileiro no exterior por meio de estratégias como a divulgação das informações em feiras internacionais, potenciais delegações e rodadas de negócios.

A analista Deborah Rossoni, da Gerência de Agronegócio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), descreve as ações da agência para posicionar e promover o agronegócio sustentável no país. A Apex-Brasil treina companhias brasileiras que desejam exportar os seus produtos.

Conteúdo publicado pela Publiclick – Informações entre em contato conosco. *Utilizamos imagens de livre exposição e bancos contratados, mas caso alguma imagem ou texto tenha direitos autorais, entre em contato conosco que removeremos imediatamente. Imagens de produtos e clientes são de inteiramente de responsabilidade da empresa.

logotipo

Cadastre-se em nossa lista de parceiros e receba nossas novidades!

Publibusiness

Para entrar em contato conosco, envie sua mensagem para o email abaixo. 

contato@publibusiness.com.br